Autor: Alencar, José de, 1829-1877
Título: Ao visconde de itaborahy: carta de erasmo sobre a crise financeira
Local de Publicação: Rio de Janeiro
Editor: Pinheiro
Data do documento: 1866
Descrição Física: 15 p
Resumo: Parte do conjunto de cartas sobre política, economia e escravidão que José de Alencar escreveu sob o pseudônimo de Erasmo entre 1865 e 1868, essa missiva é endereçada a um dos maiores chefes então vivos do Partido Conservador, o visconde de Itaboraí. Seu intento é analisar a grande crise financeira e comercial da época, a Crise do Souto (de 1864), e propor medidas para contorná-la. Politicamente motivada, a carta associa as causas da crise ao grupo no poder (a Liga Progressista) e subscreve um receituário ortodoxo de política monetária, historicamente defendido pela cúpula do Partido Conservador. Parte de suas demandas seria atendida na lei de 12 de setembro de 1866, que reformou o Banco do Brasil.
Nota Local: Ex. n. 1 da BBM encadernado com outros títulos: Ao imperador: cartas -- Uma these constitucional para o povo refutada pelo próprio povo – Ao marquez de Olinda – Ao imperador: novas cartas políticas de Erasmo ( 6 cartas). Ex. n.2 encadernado com: Ao Imperador: cartas políticas de Erasmo -- Ao povo : cartas politicas de Erasmo -- Ao Marquez de Olinda -- Ao Imperador: novas cartas politicas de Erasmo (7 cartas)
Ex. 1 da BBM foi digitalizado
Assunto nome pessoal: Itaboraí, Joaquim José Rodrigues Torres, Visconde de, 1802-1872
Alencar, José de, 1829-1877 (Política)
Cobertura geográfica: BRASIL
Tipo: LIVRO
Idioma: por
Palavras-chave: PRIMEIRO REINADO (1822-1831)
EPISTOLOGRAFIA
HISTÓRIA DO BRASIL
Aparece nas coleções:Folhetos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
45000012005_Output.o.pdf728,69 kBAdobe PDFDownload