Autor: Nabuco, Joaquim, 1849-1910
Título: Discurso do Dr. Joaquim Nabuco pronunciado na kermesse organisada pela commissão central da Cruz Vermelha a favor dos feridos na guerra civil do Rio Grande do Sul a 2 de julho de 1893 no cassino Fluminense
Título alternativo: [Discurso do Dr. Joaquim Nabuco pronunciado na quermesse organizada pela comissão central da Cruz Vermelha a favor dos feridos na guerra civil do Rio Grande do Sul a 2 de julho de 1893 no cassino Fluminense]
Editor: Rio de Janeiro : Typographia do Jornal do Commercio, de Rodrigues & C.
Data do documento: 1893
Descrição Física: 13 p.
Resumo: Sem emprego, nem meios para manter-se na Europa, Nabuco regressou ao Brasil em setembro de 1892. Montou, então, em 1893, um escritório de advocacia com João Alfredo Correa de Oliveira, o chefe do gabinete da abolição. Nesse 1893, em fevereiro, estourou, no Rio Grande do Sul, revolta federalista comandada pelo monarquista Silveira Martins. Foi nesse contexto que Nabuco discursou na quermesse da Cruz Vermelha que seria, pouco depois, acusada pelos jacobinos de nicho monarquista. Nabuco retomava aí suas críticas à República, mas com cautela, dada a conjuntura de radicalização do florianismo. (Texto elaborado pela Profa. Dra. Angela Alonso)
Tipo: Folheto
Idioma: Português
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Política e governo - Séc. XIX - Brasil
Nabuco, Joaquim, 1849-1910 (Discursos)
Primeira República (1889-1930)
História do Brasil
Aparece nas coleções:Folhetos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
012055_COMPLETO.pdf511,62 kBAdobe PDFDownload