Autor: Malheiro, Agostinho Marques Perdigão, 1824-1881
Título: Discurso proferido na Sessão da Camara Temporaria de 12 de Julho de 1871 sobre a proposta do governo para reforma do estado servil
Editor: Rio de Janeiro : Typ. Imp. e Const. de J. Villeneuve & C.
Data do documento: 1871
Descrição Física: 53 p.
Resumo: Perdigão Malheiro fora autor de uma fala apresentada ao Instituto dos Advogados do Brasil (1863) e do livro A escravidão no Brasil: ensaio histórico-político-social (1866-1867), nos quais aventara a libertação do ventre escravo. Em 1869, contudo, elegeu-se deputado por Minas Gerais sob a condição de impedir a realização da própria reforma que teorizara. Aliado à facção conservadora chamada saquarema, que repelia o projeto de ventre livre apresentado pelo Executivo (futura Lei Rio Branco), o parlamentar proferiu este Discurso para defender-se da acusação de incoerência. Embora se proclamasse abolicionista, percebe-se claramente que Malheiro tentou invalidar a proposta nos planos político, econômico, financeiro, social e constitucional.
Tipo: Folheto
Idioma: Português
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Lei do Ventre Livre (1871) - Brasil
Escravidão (Discursos) - Brasil
Discurso parlamentar - Brasil
Aparece nas coleções:Livros

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
012741_COMPLETO.pdf1,73 MBAdobe PDFDownload