Título: Manifesto da Confederação Abolicionista do Rio de Janeiro
Editor: Rio de Janeiro : Typ.da Gazeta da Tarde
Data do documento: 1883
Descrição Física: 22 p.
Resumo: A Confederação Abolicionista, fundada em 1883 na redação da Gazeta da Tarde, de José do Patrocínio, congregou, de início, representantes de quatorze sociedades libertadoras, entre as quais se destacavam quatro provinciais (de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Sul e Espírito Santo) e uma formada apenas por pessoas libertas. Dirigido aos deputados brasileiros, esse manifesto repassa a história do Império como a de um país abolicionista, condena a escravidão no plano econômico (ligando-a à grande propriedade), rejeita a lei do ventre livre e qualifica a instituição do cativeiro como juridicamente ilegal (para tanto, menciona a lei de 7 de novembro de 1831, que declarara livres os africanos contrabandeados até a década de 1850). Seus redatores, diz Evaristo de Morais, foram José do Patrocínio, André Rebouças e Aristides Lobo.
Tipo: Folheto
Idioma: Português
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Abolicionismo - Séc. XIX - Brasil
Abolicionistas - Séc. XIX - Brasil
Aparece nas coleções:Livros

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
012804_COMPLETO.pdf1,18 MBAdobe PDFDownload