Autor: Uruguai, Paulino José Soares de Souza, Visconde de, 1807-1866
Título: Discurso proferido na sessão de 23 de agosto de 1871 sobre a proposta do governo relativa ao elemento servil pelo conselheiro ... Deputado pelo 3º districto da provincia do Rio de Janeiro
Editor: Rio de Janeiro : Typ. Imp. e Const. de J. Villeneuve & C.
Data do documento: 1871
Descrição Física: 62 p.
Resumo: No contexto dos debates parlamentares em torno do ventre livre (1871), o Partido Conservador, então no poder, se dividiu em governo (a favor do projeto da futura lei Rio Branco) e oposição (contrária a ele). Após quase dois meses de discussões na Câmara dos Deputados, Paulino Soares, chefe da oposição, proferiu este Discurso, de cerca de 4 horas, como último recurso para enjeitar a iniciativa. Acusou ali o governo de formular o projeto por meios inconstitucionais, deplorou as manobras do Executivo para subtraí-lo à discussões parlamentares, negou-se a reconhecer em Rio Branco (então chefe do gabinete) um líder do Partido Conservador e definiu a oposição saquarema (facção conservadora) como o verdadeiro núcleo ideológico do Partido. Por fim, exigiu que a reforma da escravidão fosse feita mediante consulta dos grandes proprietários e, após evocar a legalidade da propriedade escrava, rechaçou medidas legislativas que minassem a soberania senhorial.
Tipo: Livro
Idioma: Potuguês
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Lei do Ventre Livre (1871) - Brasil
Escravidão (Discursos) - Brasil
Discurso parlamentar - Brasil
Brasil. Congresso. Câmara dos Deputados (Discursos) - Séc. XIX
Aparece nas coleções:Livros

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
017307_COMPLETO.pdf1,56 MBAdobe PDFDownload