Título: Carta aos fazendeiros e commerciantes fluminenses sobre o elemento servil, ou refutação do parecer do Sr. Conselheiro Christiano Benedicto Ottoni ácerca do mesmo assumpto / por Um Conservador
Editor: Rio de Janeiro : Typographia Nacional
Data do documento: 1871
Descrição Física: 46 p.
Descrição: A carta encontra-se assinada ao final por "Valete".
Resumo: Talvez por sair das mãos de "um conservador", ser dirigida aos capitalistas fluminenses e criticar o republicano Cristiano Otoni, esse panfleto anônimo já foi atribuído a Paulino José Soares de Souza, filho do visconde do Uruguai, convicto monarquista e chefe dos conservadores conhecidos como saquaremas. Essa imputação, contudo, é insustentável, pois o texto subscreve integralmente o projeto de libertação do ventre livre (futura Lei Rio Branco, 1871), recusado por Paulino. Segundo José Feliciano de Castilho (Questões do dia, n. 8, 1871), sua autoria é devida a um senador do Império. A obra tinha por objetivo defender a idéia do ventre livre e declarar que a oposição de Otoni a ela não pretendia senão descredenciar as instituições monárquicas do Império do Brasil. Ver também A emancipação dos escravos, de Cristiano Otoni.
Tipo: Folheto
Idioma: Português
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Lei do Ventre Livre (1871) - Brasil
Aparece nas coleções:Livros

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
017308_COMPLETO.pdf1,63 MBAdobe PDFDownload