Autor: Silva, José Eloy Pessoa da
Título: Memória sobre a escravatura e projeto de colonização de europeus e de pretos da África no Império do Brasil
Editor: Rio de Janeiro : Plancher
Data do documento: 1826
Descrição Física: 23 p.
Resumo: Lançada em 1826 por um natural da Bahia, essa Memória surgiu como alternativa às negociações que o Brasil e a Grã-Bretanha travavam para a extinção do tráfico de escravos. Na ocasião, sabia-se que os governos ajustariam o fim do comércio em poucos anos, como viria a ocorrer de fato na convenção ratificada em maio de 1827, que determinou sua extinção em 1830. Adotando, de início, uma linguagem antiescravista e aparentemente anglófila, o autor terminou por rechaçar a extinção próxima do trato negreiro ("Está [...] ligada a existência política deste Império à continuação do Tráfico"). Por fim, avançou um projeto que, embora previsse a imigração européia, também firmava a montagem de companhia monopolista destinada ao transporte de africanos livres e de escravos africanos enquanto estes fossem necessários ao Brasil.
Tipo: Folheto
Idioma: Português
Direitos: Domínio público
Palavras-chave: Escravidão - Séc. XIX - Brasil
Escravos - Brasil
Comércio negreiro - Brasil
Aparece nas coleções:Livros

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
016900_COMPLETO.pdf933,41 kBAdobe PDFDownload